POR ONDE COMEÇAR A ESTUDAR PARA CONCURSOS DE NÍVEL MÉDIO?

Tempo de leitura: 7 minutos

Se você que está começando sua preparação para concursos de nível médio, tenho certeza, que esse artigo vai cair como uma luva para você, pois, acredito que, nele encontrará informações relevantes sobre os principais assuntos a serem estudados para um excelente aproveitamento nesse tipo de concurso.

Há diversas matérias cobradas nos mais variados editais, que, inclusive, contemplam todos os níveis de escolaridade (desde alfabetizados até pós-graduados).

Mas existe aquele grupo de matérias que costuma, habitualmente, aparecer em grande parte dos editais publicados. O conhecimento prévio dessas matérias lhe dará uma vantagem na disputa pelo tão esperado cargo público.

Vale ressaltar que concursos específicos, tais como, TRT, INSS, CAIXA e concursos militares, cobram matérias próprias, nossa missão aqui é apenas dar um ótimo rol de matérias iniciais, caso você ainda não tenha escolhido um concurso específico.

concursos de nível médio

A PRINCIPAL DISCIPLINA

Com mais de 3 anos realizando diversas provas para concursos públicos, apenas em uma prova, vi um edital que não contemplasse a disciplina Língua Portuguesa.

Essa matéria é primordial, uma vez que ela é requisito básico para que você compreenda todas as outras. Quando falo em Língua Portuguesa me refiro obrigatoriamente a Interpretação de Textos e Gramática.

Basicamente a banca avalia se você tem os conhecimentos mínimos de leitura e escrita. (o que é uma exigência mínima, não é mesmo?!)

Clique aqui e confira agora a estratégia do Kalebe Dionísio, aprovado em 10 concursos federais, sendo 4 deles em menos de 1 ano, preparou para você ser aprovado.

AS MATÉRIAS NUMÉRICAS

O dueto Raciocínio Lógico e Matemática aparece constantemente, muitas vezes juntas, outras vezes a banca opta por apenas uma delas.

É muito fácil confundi-las, até por que uma não existe sem a outra. São temidas pela maioria dos concurseiros(as), pois podem ser cobradas de inúmeras formas, dependendo da banca examinadora.

São disciplinas que realmente selecionam candidatos de concursos de nível médio devido a sua complexidade e por terem conteúdos muito extensos.

É raro encontrar concurseiros(as) que tenham total conhecimento sobre as duas disciplinas. Por isso, para obter êxito nessas matérias, deve-se fazer uma enorme quantidade de questões para entender a lógica.

UMA MATÉRIA DE APLICAÇÃO

Quase sempre os cargos dos concursos de nível médio são cargos de “Staff”, ou seja, de apoio às “atividades-fim” dos órgãos públicos.

Esses cargos exigem que seus ocupantes tenham conhecimento em edição de textos, uso de planilhas, para organizar dados, fazer pesquisas na internet e acessar e-mails.

Logo, as bancas de concursos de nível médio costumam pedir, também, Noções de Informática.

Elas tentam reproduzir no concurso situações comuns do dia a dia, fazendo o candidato resolver questões sobre fórmulas de planilhas, identificar se você sabe o que faz um “botão” de um programa como um editor de texto (BrOficce, Word, Writer), entre outras coisas.

Matéria de suma importância para concursos de nível médio, sendo necessária muita atenção do concurseiro(a) ao estudá-la, uma vez que a tecnologia muda diariamente e novos sistemas aparecem com muita frequência e os softwares estão sendo atualizados constantemente.

MATÉRIAS “PRIMAS”

Essa “dupla dinâmica” também costuma aparecer com alta frequência em concursos de nível médio.

Praticamente inseparáveis, pois uma complementa a outra quando cobradas nas provas que exigem noções de direito. As matérias de Direito Constitucional e Direito Administrativo são imprescindíveis aos futuros Servidores Públicos.

É essencial conhecer aspectos básicos como nossos direitos e deveres, funcionamento da nossa República Federativa, como a Administração Pública é estruturada, entre outros temas relevantes.

As matérias de direito Constitucional e Administrativo aparecem principalmente em concursos do âmbito federal, mas está cada vez mais comum serem cobradas em outras esferas.

Em resumo, são essas seis disciplinas que, basicamente, fazem parte do rol da maioria dos concursos de nível médio: Português, Raciocínio Lógico, Matemática, Informática, Direito Constitucional e Direito Administrativo.

Um bom conhecimento dessas matérias é vital se você almeja sucesso em concursos de nível médio.

Mas, calma que ainda não terminamos. Algumas outras disciplinas também podem aparecer, mas o básico é esse!

Muitas organizadoras, ao elaborar suas provas dos concursos, tendem a cobrar conteúdos relacionados ao dia a dia dos trabalhos desses cargos, algo que faz todo sentido, convenhamos.

Excluindo-se os cargos tipicamente técnicos como, por exemplo, o cargo de técnico de segurança, técnico em enfermagem, e afins, quando o órgão público seleciona candidatos de nível médio básico, um conjunto extra de matérias, além das seis básicas, entra em campo. São elas:

concursos de nível médio

 Noções de Arquivologia

É muito comum que após tomar posse em um concurso de nível médio o novo servidor seja designado em uma função que esteja diretamente ligada ao trâmite de documentos no setor.

Os órgãos públicos possuem os seus centros de documentação que conhecemos como protocolo.

No protocolo inicia-se o ciclo do documento no órgão público. Lá ele ganhará um número que o acompanhará por todo o seu processo.

Em arquivologia é demandado do candidato conhecimento sobre a sistemática do protocolo, como o recebimento de documentos, classificação, expedição, métodos de arquivamento e muitos outros assuntos que são ótimos para as bancas elaborarem suas questões.

Noções Administração de Recursos Humanos

Outra função que os cargos de nível médio exercem dentro da Administração é relacionada à área de Recursos Humanos.

É muito recorrente ver servidores do “apoio administrativo” serem responsáveis pelo setor de RH do órgão.

Técnicas de seleção, planos de benefícios, avaliação de desempenho, conhecimento sobre a legislação relacionada, organização de dados funcionais, folhas de pagamento e, também, procedimento de documentos são alguns dos conhecimentos para desempenhar essa função.

Guia Prático para Passar em Concurso Público em 1 Ano

Noções de Administração de Materiais

Mais uma função extremamente provável para concursados em concursos de nível médio são as atividades de patrimônio e almoxarifado dos órgãos.

Resumidamente, almoxarifado se relaciona com materiais de consumo (alguns classificam esses materiais como sendo aqueles que têm duração inferior a 2 anos) e o patrimônio se relaciona com os materiais permanentes (duração superior a 2 anos).

O enquadramento entre material de consumo e permanente, via de regra, está definido em instrução normativa do respectivo órgão ou entidade.

São temas como esses que costumam ser exigidos para os candidatos quando o edital define administração de materiais como disciplina do concurso. Gestão, classificação, rotinas, legislação, entre outros.

Noções de Administração financeira

Ainda há também a possibilidade que você auxilie nas atividades de administração financeira do órgão como auxiliar financeiro, ordenador de despesas, ou mesmo, outras atividades que demandem conhecimento das fases da despesa pública, restos a pagar, créditos orçamentários e outros temas.

São tópicos que quando cobrados em provas têm um grau elevado de dificuldade e selecionam os candidatos mais bem preparados.

Concluindo

Se você quer estar preparado para os concursos de nível médio deve começar seus estudos hoje mesmo.

Estude esse conjunto de matérias e saia na frente de milhares de candidatos. Planejar é antecipar. Sabendo quais as matérias que são cobradas na maioria dos certames é possível estudar muito antes de um edital ser publicado.

É óbvio que nem sempre todas essas disciplinas aparecerão juntas, mas podem vir misturadas a outras.

Por fim, essas matérias indicadas são as preferidas dos concursos de nível médio.