5 Passos Incrivelmente Fáceis para Elaborar seu Cronograma de Estudos

Tempo de leitura: 8 minutos

Recentemente eu ajudei um amigo a montar um cronograma de estudos para que ele pudesse fazer um concurso da prefeitura da cidade em que mora.

E o engraçado é que ele já tinha um plano de estudos e imediatamente me lembrei de algumas pessoas que eu “ajudei” a montar um cronograma. O motivo das aspas é que 90% das pessoas que “ajudei” já possuíam uma rotina de estudos.

Na verdade, cronograma de estudos tem aos milhares na internet é só digitar o termo no google e verá aproximadamente 528.000 resultados.

Não demora muito e você vai ter em mãos um planilha de fácil compreensão para preencher, colar na parede e ser aprovado.

Bem, se todo o conteúdo que você precisa já está disponível em outros sites por qual motivo você deve ler esse artigo?

Simples. Porque ter cronograma, todo mundo tem, mas entender o que está por trás do seu plano de estudos e tudo que você precisa saber para cumprir de fato o cronograma já é outra história e é sobre isso que vou falar hoje.

Vamos juntos entender quais são os passos fundamentais para executar um cronograma com qualidade e não apenas ter um papel arrumadinho colado na parede.

Não há tempo a perder, vamos!

Passo 1: descubra o seu estilo de aprendizagem

enter image description here

Esse é um fato que a maioria dos concurseiros(as) negligenciam. Antes de qualquer coisa é importante que você se conheça e saiba qual é a sua maneira de absorver melhor o conteúdo.

Existem 5 estilos diferentes de aprendizagem, todos os quais se enquadram em um de dois grupos.

Os estilos de aprendizagem podem ser: auditivos, visuais e cinestésicos.

Um indivíduo pode carregar unicamente um estilo ou então uma mescla de estilos. Existem alguns testes no mercado onde algumas perguntas são colocadas e que, conforme as respostas, direcionam o estilo da pessoa.

Os visuais são aquelas pessoas que aprendem melhor ao ver, como por exemplo assistindo um vídeo, vendo uma imagem, etc.

Os auditivos aprendem melhor ouvindo, como por exemplo, uma aula teórica de um professor em uma sala de aula.

Os cinestésicos aprendem melhor quando, por exemplo, assistem uma palestra mas manipulam uma caneta, ou escrevem aquilo que escutam ou quando executam algo prático.

Para criar um bom horário de estudo é absolutamente necessário para você saber que tipo de aluno você é.

Você provavelmente já tem alguma ideia. Sua intuição geralmente vai acertar, mas para ter certeza, você pode fazer este pequeno teste:

Clique aqui para fazer o teste e descobrir o seu estilo de aprendizagem agora mesmo!

Passo 2: definir metas de estudo realistas

enter image description here

Há duas etapas para alcançar um objetivo: planejamento e execução. Um plano sem execução é inútil, bem como a execução aleatória sem um plano. Para alcançar seu objetivo final é necessário alinhar os dois.

Quando eu ajudei meu amigo a montar seu cronograma de estudos, nós planejamos bem à frente, sabendo exatamente quantas aulas ele teria que fazer, quantas questões, em qual período ler as legislações e como revisar.

Isso lhe deu uma boa ideia de quanto tempo levaria para fechar o edital inteiro.

O problema com o estabelecimento de metas de estudo realistas é que a maioria de nós não sabe o que é uma meta realista.

Alguma vez você já disse a si mesmo: amanhã vou ler 50 artigos da constituição, fazer 40 questões de 3 matérias, fazer uma redação, assistir 1 vídeo aula de 2 horas, trabalhar de 8h às 17h e ir à academia, ao final do dia não conseguiu fazer tudo e se sentiu frustrado?

É realmente difícil saber o que podemos realisticamente alcançar em um dia. Mas se você mesmo não souber, de que adianta ter um cronograma TOP colado na parede se não há tempo de cumprir?

Bem, há duas coisas que podemos fazer para criar uma programação de estudo eficiente e realista basta seguir essas duas dicas:

Dica 1: Escolha um objetivo muito simples para a sua semana.
Meu amigo estabeleceu um objetivo para a semana: assistir a 4 aulas do curso de legislação específica do cargo.

AH? Mas só isso? Sim. Apenas isso, esse era o objetivo da primeira semana, não precisa de nada altamente detalhado em cada aspecto, crie um objetivo simples e execute.

Dica 2: Criar uma lista de todas as pequenas ações que você precisa tomar em direção a sua meta.

Em seguida, criamos uma lista de todas as coisas que ele tinha que aprender para fazer o concurso.

Quebre seu objetivo em etapas simples. Pense como se você quisesse explicar a uma criança de 3 anos o que ela deve fazer para chegar a esse objetivo.

Nota: Ajuda muito a estabelecer prazos e recompensas, defina marcos para cada mês ou a cada 2 semanas e assim que concluir essa etapa se de uma recompensa (nada de excessos). Isso irá manter você motivado dia após dia.

Dica 3: Faça o tempo do estudo uma parte de sua rotina diária

Há apenas uma diferença entre um amador e um profissional: O amador espera até que se sinta inspirado ou motivado para começar a estudar. O profissional tem um compromisso com os estudos, faça chuva ou faça sol.

Se você quer alcançar seu objetivo, você necessita realmente fazer do estudo um hábito diário.

Passo 3: estruturar seu tempo do estudo

enter image description here

Se você se sente cansado ao longo do seu período de estudos, talvez você precise reestruturar a maneira como você estuda.

Uma forma bem legal de incluir na sua rotina de estudo e começar pelos assuntos mais difíceis com um período de tempo maior dada a sua dificuldade e posteriormente intercalando com assuntos que você acha mais fácil.

Você também pode alternar as matérias mais correlatas para estudar no mesmo dia, por exemplo, português e redação ou Direito administrativo e constitucional.

E por fim a chave para ficar alerta e focado durante suas sessões de estudo é incluir pausas, não cometa o erro de negligenciar isso e achar que você consegue manter o foco por 3 horas seguidas.

Não importa a que hora do dia você escolheu para estudar, faça pausas. Tente usar a técnica Pomodoro que tenho certeza que será de grande valia.

Passo 4: faça revisões

enter image description here

A menos que você seja um Beethoven, você provavelmente terá que olhar suas anotações novamente de tempos em tempos.

Se você acha que é melhor fazer isso antes de uma sessão de estudo, ou depois, é com você. Mas a revisão deve ser feita periodicamente.

Uma ótima maneira de revisar o conteúdo estudado é usar a estratégia de revisão abaixo e para ajudar a controlar tudo isso, eu indico o aplicativo Partiu Revisar.

Dia de aula → 1º Revisão 24 horas após → 2º Revisão após 7 dias → 3º Revisão após 15 dias → Revisões periódicas a de 30 em 30 dias.

Passo 5: certifique-se de acompanhar o seu progresso

enter image description here

“Por mais bonita que seja a estratégia, você deve ocasionalmente olhar para os resultados”
Winston Churchill

A única maneira de certificar-se de que você está progredindo com o seu cronograma de estudos é verificar de vez em quando. Nada é mais frustrante do que achar que está super bem na sua preparação e não ver melhorias nos seus resultados.

Para monitorar bem o seu progresso há basicamente duas formas que eu recomendo.

1º- Faça simulados periodicamente.

2º- Saiba quanto tempo você está dedicando a cada matéria.

Saber exatamente onde seu tempo de estudos está alocado é importante para que possamos ajustar os ponteiros e dedicar mais tempo as matérias que tem mais peso ou temos mais dificuldades.

Eu uso o Aprovados para essa tarefa é bem simples e intuitivo. Ah acho que nem preciso dizer que o celular deve ficar em modo de voo.

Concluindo

Bem, foi com esses cinco passos que orientei meu amigo sobre estruturar um cronograma de estudos, como disse no começo, ter um cronograma a maioria tem, pois isso você acha aos montes na internet.

Mas saber a forma correta de executar os passos necessários é, exatamente, o que você aprendeu hoje, então vamos fazer uma rápida revisão dos 5 passos?!

Passo 1: Descubra o seu estilo de aprendizagem
Passo 2: Defina metas de estudo realistas
Passo 3: Estruture seu tempo do estudo
Passo 4: Faça revisões
Passo 5: Certifique-se de acompanhar o seu progresso

Todo esse processo nos ajuda a manter a motivação ao longo da nossa jornada e com o tempo, à medida que seus resultados ficam maiores, isso vai se tornar um hábito e você vai executar de forma muito simples.

Se você gostou desse artigo e gostaria de ajudar seus amigos a colocarem em ação esses 5 passos incrivelmente fáceis , por favor, compartilhe esse post.