Dicas de raciocínio lógico que farão a diferença nos seus estudos

Tempo de leitura: 5 minutos

raciocínio lógicoUma das matérias mais comuns em concursos públicos e também uma das mais temidas pelos concurseiros é o raciocínio lógico.

Há vários motivos para torcer o nariz para as questões de raciocínio lógico-matemático no programa do edital do seu concurso, nós entendemos. A quantidade de assuntos, a falta de familiaridade com a matéria, o envolvimento de cálculos e pegadinhas de lógica, enfim, não é uma das coisas mais fáceis do mundo.

Mas, também não é motivo para entrar em desespero e achar que não conseguirá se sair bem na prova de raciocínio lógico.

Com foco, persistência e materiais de qualidade você atingirá ótimos resultados nas suas provas de concursos. E também é preciso ficar atento às dicas que vamos passar agora, claro!

Cursos Online para Concursos

Como estudar raciocínio lógico para concursos

raciocínio lógicoSe você nunca teve contato com o raciocínio lógico antes, precisa tomar alguns cuidados e evitar pegar muitos atalhos no seu estudo para não perder o fio da meada.

Caso você já tenha algumas noções, até pode pular a etapa de familiarização com termos da lógica e assuntos básicos. Mas, é preciso ter muita cautela para não deixar lacunas na sua preparação e errar questões que deveriam ser garantidas na sua prova.

O ideal é começar os seus estudos com material teórico bem completo, como um bom curso em PDF e em vídeo, para que você tenha toda a base teórica necessária para, depois, partir para a prática e conseguir aprender raciocínio lógico de verdade.

Mesmo quem já estudou a teoria algumas vezes precisa revisar de tempos em tempos para evitar o esquecimento de algumas regras e táticas de resolução de questões.

E não se esqueça de um ponto fundamental para conseguir a aprovação: estude raciocínio lógico com foco no seu edital e na banca organizadora do seu concurso.

O raciocínio lógico-matemático é muito amplo e pode ser cobrado de diversas maneiras. Uma prova para nível médio é diferente de outra para cargos de nível superior. Algumas bancas cobram mais lógica pura e outras focam mais em cálculos.

Por isso, é essencial que você estude por meio de cursos focados no programa do seu cargo pretendido, da maneira que a banca organizadora cobra o conteúdo.

Ao final de cada aula, não apenas para fixar o que foi estudado, bem como para treinar a parte prática e o melhorar o seu raciocínio lógico, você não pode deixar de resolver muitas questões comentadas dos concursos passados do cargo e também de outros certames da mesma banca.

Como ter raciocínio lógico mais rápido

raciocínio lógicoQuando se começa a estudar raciocínio lógico para concursos públicos é absolutamente normal resolver as questões de forma um tanto devagar e com muitas dúvidas.

Com o tempo você vai acumulando conhecimento e se acostumando com as questões de raciocínio lógico típicas de concursos. Mas, você não precisa esperar muito tempo para pegar o jeito, afinal, tempo de concurseiro é precioso e escasso não somente durante os estudos, como também na hora da prova.

Então, aproveite as dicas de raciocínio lógico abaixo e acelere o seu aprendizado.

>>>Invista agora no seu FUTURO!<<<

Aprenda a tabela verdade

Muitos estudantes olham para a tabela verdade pela primeira vez e levam um susto por achar que precisam decorar todos aqueles p, q, V e F.

Alguns pensam que é mais fácil decorar e montar a tabela antes de resolver as questões, mas, esse é o caminho mais demorado.

Entender qual é a lógica da tabela verdade e, assim, conseguir pensar em qualquer um dos seus resultados de cabeça, aumenta a sua velocidade de raciocínio e economiza um bom tempo.

Faça cálculos porcentuais fracionados

A maioria das pessoas aprende na escola a fazer cálculo de porcentagem por fator de multiplicação. Por exemplo: 16% de 200 = 1,16 X 200.

Porém, há uma maneira muito mais rápida de calcular 16% de 200. Divida esses 16% em frações mais simples: 10% + 5% + 1%.

Agora ficou fácil, é possível calcular de cabeça cada parte, então é só somar:

10% de 200= 20

5% de 200 = metade de 10% = 10

1% de 200 = 2

Total: 20 + 10 + 2 = 32

Agora as questões de matemática financeira e raciocínio lógico com porcentagem ficaram bem mais simples, não é mesmo?

Cursos Online para Concursos

Rabisque todo o processo de resolução para não perder o raciocínio

raciocínio lógicoMesmo naquelas questões que não envolvem cálculos ou quando você pode ir resolvendo de cabeça, como no exemplo acima, anote todos os passos para facilitar o raciocínio e a revisão da resposta.

Quando você se deparar com uma questão de raciocínio lógico de resolução de problemas com personagens, anote as iniciais deles e monte um desenho simples representando a história. Assim fica mais fácil chegar até a conclusão.

A pegadinha da alternativa “a”

Há anos se comenta bastante sobre uma das mais clássicas pegadinhas de provas de raciocínio lógico: o candidato vai resolver e achar a resposta na letra A, só que estará errada!

Em algumas provas isso ainda acontece. Os elaboradores, nada bonzinhos, sabem muito bem quais são os erros mais comuns dos concurseiros nas provas de raciocínio lógico-matemático, então, eles resolvem como se fossem o candidato errando e colocam o resultado na alternativa “a”. Assim, o despreparado dá de cara com sua resposta e acha que resolveu certinho. É o clássico “errou feliz”.

Mas, não fique com tanto medo de marcar a alternativa “a” na sua prova de raciocínio lógico. Apenas desconfie se você chegou muito fácil até a resposta da alternativa “a” ou, então, se muitas questões deram como resposta essa alternativa. Lembrando que, geralmente, as respostas são bem distribuídas entre as letras.

Gostou das dicas do artigo? Ajude os seus amigos concurseiros a aprenderem raciocínio lógico, compartilhe esse artigo com eles.