Concurso polícia federal 2018 (Concurso PF 2018): saiba tudo sobre as últimas movimentações para a realização do certame.

Conforme divulgado recentemente pela assessoria de imprensa da Polícia Federal (PF), o novo concurso público já pode ser visto como certo para ocorrer em 2018.

Recentemente, Fernando Segóvia, o diretor-geral da PF, em entrevista a Globo antecipou que o presidente Temer garantiu o aval para o certame, durante encontro com ocorrido no último dia 15.

CONCURSO POLÍCIA FEDERAL 2018 – BANCA ORGANIZADORA

Oficialmente ainda não há uma banca organizadora definida para a realização do concurso PF 2018, mas historicamente a banca CESPE UnB (atual CEBRASPE) foi a responsável pelos concursos anteriores da Polícia Federal desde 2000.

Existe uma grande possibilidade que a banca se mantenha como instituição organizadora, dada à complexidade do certame e as novas leis posteriores ao último certame, que traz alterações específicas.

CONCURSO POLÍCIA FEDERAL 2018 – EDITAL

Ainda não existe uma data para a liberação do edital e aplicação das provas, mas o edital pode ser publicado a qualquer momento, até porque o concurso já está autorizado há muito tempo. O que se aguarda agora é a formatação orçamentária, para saber exatamente quantas vagas poderão ser efetivamente preenchidas no curso de formação, que tem um custo muito alto para ser realizado.

Baseando-se nas estatísticas dos concursos anteriores, da publicação do edital até a data da prova temos algo entre 45 e 60 dias, no máximo, até a realização da primeira fase. Um mês e meio, após ocorre o teste de aptidão física (TAF) e aqui já vai uma dica muito importante para sua aprovação: NÃO DEIXE DE LADO A PRÁTICA DE ATIVIDADES FÍSICAS E UMA BOA ALIMENTAÇÃO.

Existe um prazo máximo entre a autorização e a liberação do edital?

Não existe, mas tende a cumprir alguns requisitos de ordem orçamentária para que efetivamente ocorra. No entanto, temos ainda uma questão logística de planejamento. Como o concurso da polícia federal difere de outros concursos da esfera federal por ter uma academia de polícia com alguns meses de formação.

Prepare-se: Concurso Polícia Federal 2018 – Atualizado

CONCURSO POLÍCIA FEDERAL 2018 – REMUNERAÇÃO

Agente e Escrivão 2º classe – R$ 13.502,41 em 2019
Agente e Escrivão 1º classe – R$ 15.725,27 em 2019
Agente e Escrivão classe especial – R$ 19.109,79 em 2019
Perito e Delegado da PF 2º classe – R$ 24.756,42 em 2019
Perito e Delegado da PF 1º classe – R$ 28.304,74 em 2019
Perito e Delegado da PF classe especial – R$ 31.394,91 em 2019

CONCURSO POLÍCIA FEDERAL 2018 – CARREIRA

concurso policia federal 2018

Além da possibilidade de reestruturação na carreira, já está em tramite, na CCJ do Senado Federal, PEC 73/2013, que prevê a união das atividades dos cargos de perito, escrivão, papiloscopista e delegado dentro de uma carreira única, chamada de servidor policial federal.

A proposta, caso aprovada, fará com que os candidatos prestem concurso público unificado e sejam lotados nas unidades da PF de acordo com suas habilidades e áreas de formação. O texto prevê a possibilidade de crescimento dentro da carreira unificada, por meio de promoção e progressão funcional, a serem estabelecidas por lei.

De acordo com o senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP), relator da matéria, a carreira única é a forma em que estão estruturadas as instituições policiais de referência no mundo, como o Federal Bureau of Investigation (FBI) e a própria Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Caso aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça, a proposta já poderá ser encaminhada para votação em plenário, em dois turnos. Acompanhe aqui o processo.

CONCURSO POLÍCIA FEDERAL 2018 – CARGOS

Basicamente todos os cargos foram contemplados, com exceção ao cargo de papiloscopista de polícia federal, tirando o cargo de papiloscopista, as autorizações foram feitas para escrivão, agente, perito, delegado e carreira administrativa de nível médio.

>> Garanta Já – Pacote Completo concurso policia federal 2018

CONCURSO POLÍCIA FEDERAL 2018 – DISCIPLINAS

Como ainda não temos um edital publicado e ciente de que sem uma preparação antecipada aumenta as chances de aprovação, o certo é basear seus estudos pelo edital anterior. A grande peculiaridade aqui e para o cargo de delegado de polícia federal, que sofreu algumas alterações importantes, mas ter conhecimento das matérias básicas é fundamental desde já.

Língua Portuguesa, Atualidades, Raciocínio Lógico, Noções de Informática, de Administração, de Contabilidade, de Economia e de Direito (Penal, Processual Penal, Administrativo e Constitucional), além de Legislação Especial.

As provas são aplicadas em todas as capitais e os aprovados são inicialmente lotados justamente nas regiões de fronteira.

CONCURSO POLÍCIA FEDERAL 2018 – NÍVEL MÉDIO

Concurso PF 2018

cargo de agente administrativo da polícia federal também vem com grandes expectativas de um novo edital.

Para o cargo de Agente Administrativo (Concurso Polícia Federal 2018), é requisito básico o nível médio. A função tem um grande quantitativo de cargos vagos, o que atrapalha o andamento dos serviços regulares na PF. O último concurso foi realizado em 2013 e tem validade até este ano.

O presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (PENAPEF), Luis Antônio de Araújo Boudens, informou recentemente que a Polícia Federal tem um déficit de 13.300 servidores. Desse quantitativo, 5.300 são do cargo de Agente Administrativo. O cargo tem exigência de Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau), expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC. O salário inicial do cargo chega a R$ 4.270,77.

Matérias do Concurso Polícia Federal 2018 – Nível Médio

Conforme o último edital de agente administrativo da Polícia Federal

CONHECIMENTOS BÁSICOS – AGENTE ADMINISTRATIVO

LÍNGUA PORTUGUESA: Compreensão e interpretação de textos. Tipologia textual. Ortografia oficial. Acentuação gráfica. Emprego das classes de palavras. Emprego/correlação de tempos e modos verbais. Emprego do sinal indicativo de crase. Sintaxe da oração e do período. Pontuação. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Significação das palavras. Redação de Correspondências Oficiais (Manual de Redação da Presidência da República). Adequação da linguagem ao tipo de documento. Adequação do formato do texto ao gênero.

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: Noções de sistema operacional (ambientes Linux e Windows). Edição de textos, planilhas e apresentações (ambientes Microsoft Office e BrOffice). Redes de computadores. Conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet e intranet. Programas de navegação (Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome e similares). Programas de correio eletrônico (Outlook Express, Mozilla Thunderbird e similares). Sítios de busca e pesquisa na Internet. Grupos de discussão. Redes sociais. Computação na nuvem (cloud computing). Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas. Segurança da informação. Procedimentos de segurança. Noções de vírus, worms e pragas virtuais. Aplicativos para segurança (antivírus, firewall, anti-spyware etc.). Procedimentos de backup. Armazenamento de dados na nuvem (cloud storage).

RACIOCÍNIO LÓGICO: Estruturas lógicas. Lógica de argumentação: analogias, inferências, deduções e conclusões. Lógica sentencial (ou proposicional). Proposições simples e compostas. Tabela verdade. Equivalências. Leis de Morgan. Diagramas lógicos. Lógica de primeira ordem. Princípios de contagem e probabilidade. Operações com conjuntos. Raciocínio lógico envolvendo problemas aritméticos, geométricos e matriciais.

ATUALIDADES: Tópicos relevantes e atuais de diversas áreas, tais como segurança, transportes, política, economia, sociedade, educação, saúde, cultura, tecnologia, energia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável e ecologia.

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO: Noções de organização administrativa. Centralização, descentralização, concentração e desconcentração. Administração direta e indireta. Autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista. Ato administrativo. Conceito, requisitos, atributos, classificação e espécies. Agentes públicos. Legislação pertinente. Lei nº 8.112/1990. Disposições constitucionais aplicáveis. Disposições doutrinárias. Conceito. Espécies. Cargo, emprego e função pública. Poderes administrativos. Hierárquico, disciplinar, regulamentar e de polícia. Uso e abuso do poder. Licitação. Princípios. Contratação direta: dispensa e inexigibilidade. Modalidades. Tipos. Procedimento. Controle da administração pública. Controle exercido pela administração pública. Controle judicial. Controle legislativo. Responsabilidade civil do Estado. Responsabilidade civil do Estado no direito brasileiro. Responsabilidade por ato comissivo do Estado. Responsabilidade por omissão do Estado. Requisitos para a demonstração da responsabilidade do Estado. Causas excludentes e atenuantes da responsabilidade do Estado. Regime jurídico-administrativo. Conceito. Princípios expressos e implícitos da administração pública. Decreto nº 1.171/ 1994 (Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal). Resoluções 1 a 10 da Comissão de Ética Pública da Presidência da República.

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL: Constituição Federal. Conceito, classificações, princípios fundamentais. Capítulo III Segurança Pública: artigo 144. Direitos e garantias fundamentais. Direitos e deveres individuais e coletivos, direitos sociais, nacionalidade, cidadania, direitos políticos, partidos políticos. Organização político-administrativa. União, estados, Distrito Federal, municípios e territórios. Administração pública. Disposições gerais, servidores públicos. Poder executivo. atribuições do presidente da República e dos ministros de Estado. Constituição Federal.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – AGENTE ADMINISTRATIVO

NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: Características básicas das organizações formais modernas: tipos de estrutura organizacional, natureza, finalidades e critérios de departamentalização. Organização administrativa: centralização, descentralização, concentração e desconcentração; organização administrativa da União; administração direta e indireta. Gestão de processos. Gestão de contratos. Noções de processos licitatórios.

NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA: Orçamento público. Conceito. Técnicas Orçamentárias. Princípios orçamentários. Ciclo Orçamentário. O orçamento público no Brasil. Plano Plurianual na Constituição Federal. Diretrizes orçamentárias na Constituição Federal. Orçamento anual na Constituição Federal. Estrutura programática. Créditos ordinários e adicionais. Programação e execução orçamentária e financeira. Descentralização orçamentária e financeira. Acompanhamento da execução. Receita pública. Conceito. Classificação segundo a natureza. Etapas e estágios. Despesa pública. Conceito. Classificação segundo a natureza. Etapas e estágios. Restos a pagar. Despesas de exercícios anteriores.. Lei de Responsabilidade Fiscal. Conceitos e objetivos. Planejamento.

NOÇÕES DE GESTÃO DE PESSOAS NAS ORGANIZAÇÕES: Conceitos, importância, relação com os outros sistemas de organização. A função do órgão de Gestão de Pessoas: atribuições básicas e objetivos, políticas e sistemas de informações gerenciais. Comportamento organizacional: relações indivíduo/organização, motivação, liderança, desempenho.

NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS MATERIAIS: Classificação de materiais. Tipos de classificação. Gestão de estoques. Compras. Modalidades de compra. Cadastro de fornecedores. Compras no setor público. Edital de licitação. Recebimento e armazenagem. Entrada. Conferência. Critérios e técnicas de armazenagem. Gestão patrimonial. Controle de bens. Inventário. Alterações e baixa de bens.

NOÇÕES DE ARQUIVOLOGIA: Conceitos fundamentais de arquivologia. gerenciamento da informação e a gestão de documentos. diagnósticos. Arquivos correntes e intermediário. Protocolos. Avaliação de documentos. Arquivos permanentes. Tipologias documentais e suportes físicos. Microfilmagem. Automação. Preservação, conservação e restauração de documentos.

LEGISLAÇÃO APLICADA À POLÍCIA FEDERAL: Lei nº 7.102/1983: dispõe sobre segurança para estabelecimentos financeiros, estabelece normas para constituição e funcionamento das empresas particulares que exploram serviços de vigilância e de transporte de valores, e dá outras providências. Lei nº 10.357/2001: estabelece normas de controle e fiscalização sobre produtos químicos que direta ou indiretamente possam ser destinados à elaboração ilícita de substâncias entorpecentes, psicotrópicas ou que determinem dependência física ou psíquica, e dá outras providências. Lei nº 6.815/1980: define a situação jurídica do estrangeiro no Brasil, cria o Conselho Nacional de Imigração. Lei nº 10.826/2003: Estatuto do Desarmamento. Lei nº 12.830/2013: dispõe sobre a investigação criminal conduzida pelo delegado de polícia.

>> Pacote Completo da Polícia Federal 2018 <<

Compartilhar
Twittar
+1
Compartilhar