Mapas mentais: como reter mais 15% do conteúdo estudado

Tempo de leitura: 6 minutos

Pronto(a) para saber o que realmente importa sobre mapas mentais?

Você, provavelmente, já esteve com a sensação de que acumulou resumos demais e não deu conta de revisar todo o conteúdo escrito?

Aquela sensação incômoda que seus resumos são longos e nada dinâmicos?

Creio que todo concurseiro já passou por esse mal, e é sobre isso que vou falar hoje. Como usar uma técnica simples pode aumentar sua retenção de conteúdo na memória de longo prazo em até 15%.

Acredito que você já leu ou ouviu falar sobre mapas mentais em algum lugar, mas se você está muito apegado(a) a forma tradicional de anotações escritas, convido você a conhecer os reais benefícios dessa metodologia.

Mas já fica meu alerta: toda mudança exige dedicação e principalmente consistência.

No artigo de hoje vou mostrar os principais benefícios do uso de mapas mentais nos seus estudos. E também vou falar sobre:

O QUE SÃO MAPAS MENTAIS
PORQUE MAPAS MENTAIS SÃO MELHORES QUE TEXTOS
COMO COMEÇAR A FAZER MAPAS MENTAIS

O que são mapas mentais?

enter image description here

Um mapa mental é basicamente um diagrama que conecta informações em torno de um assunto central.

Eu gosto de pensar nisso como uma árvore que espalha suas raízes.

No centro é a sua idéia principal, digamos, direitos e garantias fundamentais, e os ramos são sub-tópicos ou idéias relacionadas, como direitos individuais e coletivos, direitos sociais, nacionalidade etc.

Maiores níveis de detalhes ramificam-se a partir daí e os ramos podem ser ligados entre si.

Mapas mentais podem ser usados ​​para praticamente qualquer matéria do seu concurso, pois sua aplicação é muito simples com o aplicativo que mostraremos neste post.

A estratégia de uso de mapas mentais é tão ampla que pode ser estendida para inúmeras outras possibilidades, tais como, criar resenhas de livros, escrever um post 😀 ou mesmo estruturar um fluxo de trabalho.

Porque os mapas mentais são melhores do que notas de texto

enter image description here

Os mapas mentais podem ser mais eficazes do que outros métodos de retenção de conteúdo pelas razões listadas abaixo:

É uma ferramenta gráfica que pode incorporar palavras, imagens, números e cores, para que possa ser mais agradável de criar e principalmente de rever. A combinação de palavras e imagens é seis vezes melhor para lembrar informações do que as palavras sozinhas.

Os mapas mentais ligam e agrupam conceitos através de associações naturais. Isso ajuda a gerar mais ideias, a encontrar um significado mais profundo em seu assunto e também solicitar que você preencha mais ou encontre o detalhe que está perdendo.

Um mapa mental pode de uma vez só dar-lhe uma visão geral de um grande assunto, compilando também grandes quantidades de informação.

É também uma maneira muito intuitiva de organizar seus pensamentos, uma vez que os mapas mentais imitam o modo como nossos cérebros pensam – por meio de imagens ao invés de pensar linearmente.

Você pode gerar ideias muito rapidamente com esta técnica e fazer do seu estudo algo mais divertido e que seja mais agradável de revisar.

Uma série de pesquisas sugerem que o uso de mapas mentais pode melhorar a aprendizagem e a memória de 10 a 15% em comparação com as técnicas convencionais de observação e estudo.

Um amigo concurseiro recentemente disse para mim:

“Eu pensei que fazer mapas mentais era algo que ia tomar muito tempo, mas na verdade ele economiza tempo porque eu não tenho que ler minhas notas mais e mais vezes”

O mapeamento mental ajuda você a estudar menos porque você entende a informação em um nível mais profundo ao elaborar seus mapas.

Se você acabou de ler as suas notas há altas chances de você só ter entendido o conteúdo em um nível superficial e você vai perder muito tempo tendo que rever várias vezes para fixar.

Acredito que a grande magia dos mapas mentais é que as possibilidades parecem quase infinitas, ou seja, você não vai enjoar de estudar de forma escrita todos os pormenores da Lei de licitação, pois cada mapa que você elaborar será diferente do outro.

Como começar a fazer mapas mentais

enter image description here

Falando de forma bem clara e objetiva, para começar a elaborar seus mapas mentais siga os passos abaixo, que foram elaborados por Tony Buzan, criador da metodologia de mapas mentais.

1Comece no centro de uma página em branco virada de lado. Por quê? Porque começar no centro dá a seu cérebro a liberdade para se espalhar em todas as direções e para se expressar mais livremente e naturalmente.

2Use uma imagem para sua ideia central. Por quê? Porque uma imagem vale mais que mil palavras e ajuda você a usar sua Imaginação. Uma imagem central é mais interessante, mantém você focalizado, ajuda você a se concentrar mais

3Use cores por toda parte. Por quê? Porque cores são tão emocionantes para o seu cérebro quanto as imagens. A cor adiciona a vitalidade extra a seu mapa de mental, adiciona a energia tremenda a seu pensamento criativo, e é divertido 😀

4Conecte suas ramificações à imagem central e conecte seus ramos de segundo e terceiro nível ao primeiro e segundo níveis, etc. Por que? Porque o seu cérebro funciona por associação. Gosta de ligar duas ou mais coisas juntas. Se você conectar os ramos, você vai entender e lembrar muito mais facilmente.

5Faça seus ramos curvados ao invés de lineares. Por quê? Porque não ter nada além de linhas retas é chato para o seu cérebro.

6Use uma palavra chave por linha, pois as únicas palavras-chave dão ao seu mapa mental mais poder e flexibilidade.

7Use imagens por toda parte. Assim como a imagem central, aqui também cada imagem vale mais que mil palavras.

Você pode criar um mapa mental em papel, em um aplicativo de desenho no tablet ou em uma das muitas ferramentas de software de mapeamento mental do mercado, como o meu software de mapas mentais favorito, uso o MIND MEISTER a verão grátis dele já me atende bem.

Caneta e papel pode ser melhor porque você pode ficar mais livre na hora de criar seus mapas e isso ajuda a aflorar sua criatividade.

Por outro lado, usando o computador pode fazer seus mapas mentais fica mais fácil pesquisar e incluir anexos.

Não há uma maneira padrão para elaborar um mapa mental, no entanto. Se você quiser usar mais de palavras-chaves ou adicionar mais textos para uma filial é uma escolha pessoal. Vá com o que funciona de forma eficaz para você.